Páginas

#LutoEterno

Boa tarde, pessoal. Tenho uma noticia, muito trágica pra contar a vocês o ator Cory Monteith, foi encontrado morto em  um quarto do hotel Pacific Rim, em Vancouver, no Canadá, na noite de sábado, 13. Ele tinha 31 anos e era namorado da colega Lea Michele. Ainda não se sabe o motivo da morte, que foi confirmada pela polícia através de uma coletiva de imprensa.

Namorada de Cory Monteith, Lea Michele, chora no caixão do ator






A polícia do Canadá disse ter recebido um chamado da BC Ambulance Service, serviço de emergência médica do Canadá, por volta das 22h38 (horário local), relatando uma morte repentina em um quarto do 21º andar do hotel Pacific Rim. Os policiais chegaram ao local em 10 minutos.





Eu gostaria, de deixar aqui o meu apoio a família e fãs, desse grande ator. Eu assistia Glee com minha prima e irmã, eu adorava. Fiquei muito chocada com essa noticia, todos nós acreditamos que ele estava sozinho quanto morreu, fala o porta-voz da policia. 
    Segundo a agência de notícias CNN, o corpo do ator foi encontrado pela equipe do hotel. Depois que ele perdeu o horário do check out - ele estava hospedado desde o dia 6 no local -, funcionários resolveram ir a seu quarto para ver o que havia acontecido e o encontraram morto, aparentemente há algumas horas.
Através da análise das câmeras de segurança, a polícia, a principio, descartou a possibilidade de assassinato. Na imagens, Cory pode ser visto chegando ao seu quarto sozinho, na noite anterior, apesar de algumas pessoas terem sido vistas na porta mais cedo. A perícia feita no local onde estava o corpo também não mostrou indícios de violência. A autópsia, que deve acontecer na segunda-feira, 15, vai dizer com precisão a causa da morte. O resultado deve sair alguns dias depois.
   A assessora de imprensa do ator, Melissa Kates, deu uma declaração à imprensa através de um email: "Nós estamos em choque e de luto com essa perda trágica". A Fox, emissora que produz "Glee", também se pronunciou. Cory fazia parte do elenco da série desde o começo, em 2009.
"Nós estamos profundamente tristes com essa trágica notícia. Cory tinha um talento excepcional e era uma pessoa mais excepcional ainda. Foi um verdadeiro prazer trabalhar com ele e todos vamos sentir sua falta tremendamente. Nossos pensamentos e preces estarão com sua família e os que o amavam", diz o texto postado no Twitter.
    Em abril deste ano, o ator passou um período em uma clínica reabilitação após se internar voluntariamente para tratar sua dependência química - assumida em 2011, em uma entrevista à revista "Parade". Na ocasião, ele contou que começou a usar drogas com 13 anos e que foi internado pela primeira vez em 2009, por interferência da mãe e de amigos.
Em junho, Cory apareceu em público pela primeira vez desde que deixou a clínica onde estava e participou da 12ª edição do “Chrysalis Butterfly Ball”, baile de gala beneficente realizado em Los Angeles, nos Estados Unidos.  Uma testemunha disse ao site "E! Online" que Lea, namorada do ator, e Cory "pareciam estar muito felizes e sorriam durante todo o tempo". Quando o segurança perguntou como ele estava, o ator respondeu que estava bem. Ainda segundo a testemunha, os dois pareciam simpáticos com as pessoas ao redor e animados para deixar a cidade.
Então gente, essa é mais uma das noticias trágicas. #Descanse em paz Cory. #LutoEterno 

Nenhum comentário:

Postar um comentário